Lançado em 2007, o Logan e depois o Sandero foram desenvolvidos pela Dacia, subsidiária Renault no Leste Europeu e que caiu como uma luva para o mercado brasileiro. Esta história agora ganha um novo capítulo com o lançamento da gama 2020 para o Sandero, Logan, Stepway (agora descolado do hatch) e o esportivo RS.

 

Agora o trio conta com câmbio CVT opcional (exceto no RS que continha com câmbio automático de seis marchas), quatro airbags de série, controle de estabilidade e tração nas versões automáticas, multimídia Media Evolution e um novo design alinhado aos modelos europeus. A versão RS continua disponível com as virtudes de um esportivo mas sem alterações na motorização, apenas no estilo.

Para melhorar os resultados dos testes do Latin NCAP os modelos ganharam reforços estruturais na carroceria que elevaram o peso em 14kg além de mais dois airbags totalizando quatro bolsas em todas as versões.

Visual

O novo Renault Sandero e logo tem novos para-choques e grade, assinatura da iluminação em LED, novas rodas para todas as versões e as características lanternas que invadem a tampa do porta-malas ao estilo do Megane, mas só para o Sandero enquanto o Logan nada mudou na traseira. Ficam também os motores 1.0 SCe três cilindros (79/82 cv e 10,2/10,5 kgfm de torque com gasolina/etanol) e o 1.6 SCe quatro cilindros (115/118 cv e 16 kgfm e torque com gasolina/etanol ) com cambio manual de 5 velocidades, e o 1.6 com a opção da transmissão CVT que simula 6 marchas. O R.S. permanece com o 2.0 de 145/150 cv e 20,2/20,9 kgfm apenas com câmbio manual de 6 marchas.

Sandero

O hatch agora tem quatro versões rebatizadas: Life, Zen, Intense e RS que tem de série ar condicionado, direção eletro hidráulica, quatro airbags, iluminação em LED, apoios de cabeça e cintos de três pontos para todos os ocupantes. A versão Zen 1.6 MT adiciona multimídia Media Evolution com espelhamento para smartphones Android e Apple e tela multitouch além de sensores de estacionamento. A versão Zen CVT adiciona ainda controles de estabilidade e tração além do assistente de partida em rampa e ficou 40mm mais alta em relação às versões com câmbio manual. A versão Intense traz ar condicionado automático, câmera de ré além de sensores, controle de Cruzeiro e limitador de velocidade.

Sandero RS
O RS traz além do visual invocado com novos adesivos e aerofólios, o motor de 150cv com câmbio manual de seis marchas a preparação esportiva já conhecida.

Neste caso a suspensão tem 26mm a menos que as versões de entrada. A dianteira não mudou pois segundo a Renault a assinatura em LED já fazia parte do esportivo cuja dianteira seria inspirada na Fórmula 1. As lanternas são um pouco diferentes no contorno, há saída de escape duplo na traseira e o botão “Sport” no painel aprimora o perfil esportivo e muda também o ronco do motor.

Logan
A gama do sedã recebeu poucas alterações visuais com a traseira idêntica à atual mudando só mesmo a grade e assinatura de LEDs. Além das versões Life, Intense e Zen com os mesmos conteúdos do Sandero, há uma nova versão Iconic com itens de conforto como bancos em couro, sensor crepuscular e de chuva, ar condicionado automático, câmera de ré, controle de Cruzeiro e limitador de velocidade.

Stepway
A Renault agora trabalha o Stepway como produto independente da linha com proposta de SUV compacto.
Além do design aventureiro, da maior altura em relação ao solo e itens que permitiram o registro do carro como SUV no Inmetro, o Stepway teve interior aprimorado inspirado no Captur e chega em três versões: Zen, Intense e Iconic. Em termos de equipamentos é equivalente ao Sandero e a versão Iconic traz bancos em couro, sensor de chuva e de luminosidade.

MODELO E VERSÃO PREÇO
Sandero 1.0 MT5 Life R$ 46.990
Sandero 1.0 MT5 Zen R$ 49.990
Sandero 1.6 MT5 Zen R$ 55.990
Sandero 1.6 CVT Zen R$ 62.990
Sandero 1.6 CVT Intense R$ 65.490

Sandero 2.0 MT6 R.S. R$ 69.690

Stepway 1.6 MT5 Zen R$ 61.190
Stepway 1.6 CVT Intense R$ 70.990
Stepway 1.6 CVT Iconic R$ 73.050

Logan 1.0 MT5 Life R$ 50.490
Logan 1.0 MT5 Zen R$ 53.490
Logan 1.6 MT5 Zen R$ 59.490
Logan 1.6 CVT Zen R$ 66.490
Logan 1.6 CVT Intense R$ 68.990
Logan 1.6 CVT Iconic R$ 71.09

 

12 anos de sucesso

Lançados no Brasil em 2007 o Logan e Sandero são projetos da Dacia, subsidiária romena da marca Renault conhecida pelos seus projetos de baixo custo para aquele mercado. Aqui a dupla nasceu como alternativa ao Clio, que já estava defasado em relação à Europa e era alternativa de carro espaçoso e econômico com motores 1.0 16V Hi-Torque e 1.6 8V.

Mesmo com design simplificado o Logan e o Sandero, especialmente no Brasil, sempre fizeram muito sucesso. Em países como Bulgária, Romênia, Rússia, Polônia e Ucrânia, a Dacia sempre esteve entre as três primeiras marcas no ranking de vendas. Em 2011 os compactos foram reestilizados seguindo o estilo do Clio III na Europa, mas mantiveram os motores.

Na Europa eles chegaram em 2008 e foram se diversificando. A plataforma deu origem ao SUV Duster, que também é produzido no Brasil mas há outras versões baseadas no Logan Sandero como pickups, minivans e furgões.

Em 2014 veio uma nova reestilização, aplicada até o momento quando a versão 2020 foi apresentada. Mesmo com as mudanças de desenho a estrutura dos veículos é praticamente a mesma desde o lançamento. Atualmente os carros usam os motores 1.0 Sce três cilindros de até 118cv e 1.6 SCe quatro cilindros de 118cv. Segundo a Renault, 1,2 milhão de unidades do Logan e Sandero já foram produzidas no Brasil