João Augusto do Amaral Gurgel (1926-2009) foi um dos maiores empresários do setor automotivo no país não em volume de carros fabricados mas em razão de sua persistência em busca de um automóvel genuinamente brasileiro.

Sua marca, a Gurgel, existiu durante quase 30 anos, de 1969 a 1996, e fabricou mais de 30 mil veículos civis e militares, cuja história você conhece logo abaixo. Antes disso, Gurgel fabricou minicarros sempre com o sonho em mente do qual não desistiu, mas foi levado a desistir.

Exposição

Estes carros “made in Brasil” com orgulho de sua origem terão lugar reservado na próxima edição do Auto Show Collection na Noite dos Anos 1980 e 90. Esta época compreende os melhores tempos da marca e toda inventividade de João Amaral Gurgel.

O grupo Família Gurgel surgiu em 2015 impulsionado pelo carioca Hugo Arruda e logo reuniu centenas de proprietários. A paixão em comum, e o interesse em obter dicas sobre manutenção e conservação sobre os carros da linha fortaleceu a atuação do grupo. Atualmente a Família Gurgel se reúne em encontros mensais no tradicional bairro da Lapa, em São Paulo, mas também em viagens e passeios incluindo até trilhas e circuitos off road por todo o Brasil.

Um dos carros em exposição é o X12, o veículo mais vendido da Gurgel. Derivado do Xavante XT de 1972, esse jipinho inspirado nos bugues tinha motor Volkswagen e sistema de tração e suspensão desenvolvido por João Amaral Gurgel e chegou a ter inclusive uma versão militar. Uma de suas versões, a X12 TR, era vendida ainda nos anos 1970 com garantia inédita de 100 mil quilômetros.

Outra inovação da marca Gurgel era o BR800. Com motor de 800cc e 32cv, foi o primeiro carro totalmente desenvolvido pela marca com a proposta de ser econômico, de baixa manutenção e sobretudo Barato. Apresentado em 1987, sua produção começou no ano seguinte como modelo 1989 e até hoje mostra suas vantagens como modelo urbano.

O Supermini também terá lugar reservado na Noite dos Anos 1980 e 90. Sucessor do BR800, concorreu com os carros “1.0” que inundaram o mercado brasileiro na época mantinha o motor de 800cc Gurgel Enertron mas com 36cv.

Até o MotoMachine terá lugar garantido no collection. Com motor de 800cc e 34cv, o mesmo da família BR-800 e Supermini, o forte do subcompacto era mesmo sua proposta. Um carro diminuto, econômico, com tampa de lona removível e carroceria que deixava o motorista em evidência, tinha proposta jovem.

O Gurgel XEF lançado em 1982 também estará exposto. Com três volumes, era um mini sedã ótimo para o trânsito das grandes cidades. Tinha motor 1600 de 56cv e desenho muito peculiar.

Ate o Gurgel Patrol, um dos mais raros da marca será exposto no evento.

A inventividade de Gurgel sucumbiu à pressão das montadoras multinacionais. A empresa não conseguiu acertar sua produção em massa e não teve financiamentos ou incentivos para prosseguir. Chegou a produzir carros interessantes como como utilitários e até carros elétricos; mas agora pertence às páginas da história.

Com carros icônicos, a Família Gurgel levará dezenas de exemplares ao Auto Show Collection e você não pode perder.

imagens cedidas pelos proprietários e divulgação