Feira Livre do Automóvel, no início dos anos 1980

 

São Paulo é palco dos maiores eventos de carros antigos do país por vários motivos: berço da indústria automobilística, maior frota e alta concentração de amantes de carros por metro quadrado. Eventos de carros antigos já existiam aos montes quando o a Matel Producões, que já organizava a Feira Livre do Automóvel há mais de 10 anos lançou um novo evento focado no público fã de veículos Clássicos Brasileiros. Com a experiência de organizar eventos de carros desde 1972, o fundador da Matel, Walter Ribeiro dos Santos, teve a ideia de abrir um espaço para valorizar os carros antigos do país já que naquela época somente os clássicos europeus e americanos é que tinham valor.

Assim em 1984 nascia o Festival do Carro Nacional Antigo patrocinado por uma marca de cerveja. Foram edições de sucesso de um evento que destacou a história dos carros antigos nacionais. Além dos eventos no Anhembi, o evento teve edições organizadas também no antigo Mappin ABC, hoje Shopping ABC.

Carro brasileiro antigo não tinha status diante de Rolls Royce, Jaguar, MG e outros importados. Estes eventos eram realizados dentro da Feira Livre do Automóvel e o sucesso dessa iniciativa ajudou a formar os primeiros clubes de carros antigos do país.

Encontro de Águas de Lindoia, em 1998

 

Com a semente plantada naquela época, o antigomobilismo só cresceu no Brasil. Muitos clubes se formaram e carros antigos brasileiros passaram a ser considerados “clássicos”, como o Ford Maverick e Galaxie, o Chevrolet Opala, a linha Volkswagen a ar com o Fusca, Brasília, Variant e tantos outros.

Nessa época se formou um evento de carros antigos na Praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu. Realizado às terças-feiras foi um sucesso durante vários anos. Mas o evento cresceu a prefeitura no ano de 2002 extinguiu esse encontro. Os órfãos de um ponto de encontro já não tinham local para um evento semanal.

Isso mudou no ano seguinte quando a Matel Produções organizou um desfile de carros antigos no aniversário da Cidade, em 25 de janeiro. A ideia de um evento semanal mantendo a já tradicional terça-feira, tomava forma. No mesmo ano foi iniciado no sambódromo do Anhembi o evento Auto Show Veículos Antigos e Especiais, abrigando os clubes e colecionadores da época. Esse evento consolidou as noites temáticas, evoluiu, enfrentou dificuldades de todo tipo mas perseverou e é realizado até hoje como “Auto Show Collection”. Mesmo com eventos maiores realizados em um ou dois dias, o Auto Show Collection mantém seu formato que atrai mais de 200 mil pessoas por ano no maior encontro periódico de carros antigos do país.

 

por Marcos Camargo