imagem: Auto Show

 

 

 

 

 

 

 

Se por aqui o Peugeot 2008 sempre teve uma presença tímida no mercado, a marca francesa tem planos audaciosos para seu SUV compacto. Uma reestilização está pronta prestes a ser lançada no Brasil. Já flagramos duas unidades próximas à sede da PSA, zona sul de São Paulo sem qualquer disfarce.

O Peugeot 2008 terá nova grade seguindo o estilo visual dos SUVs 3008 e 5008, além do futuro 208 que irá chegar por aqui no ano que vem com nova plataforma. A traseira vai mudar bem pouco mas deve ganhar uma assinatura diferenciada na parte interna das  lanternas mantendo o estilo atual. 

 

 

 

 

 

 

 

Com as novidades, espera-se que ele encontre espaço mais folgado em um mercado disputadíssimo que conta com Hyundai Creta, Honda HR-V, Jeep Renegade, Citroën C4 Cactus, Nissan Kicks, Honda WR-V, Volkswagen T-Cross, Tiggo 2 e 5X e Ford EcoSport.

A mexida da Peugeot no seu SUV menor deve fazê-lo subir no ranking de vendas. Se a timidez dele vai terminar, não se sabe, mas a atualização será bem-vinda.

Audácia

Os planos da Peugeot não param apenas na reestilização, uma vez que este visual das fotos é realidade na Europa desde 2016. O atual 2008, fabricado em Porto Real/RJ, terá as atualizações pontuais mantendo a plataforma PF1 até o ano que vem. Isso porque na Europa será lançado em breve o novo Peugeot 2008 usando a plataforma CMP.

imagem: Automedia

 

Visivelmente maior poderá disputar um segmento dos SUVs que custam por volta de R$ 100 mil. 

Aqui no Brasil, o 3008 tem feito sucesso mesmo com a pouca quantidade de pontos de venda da marca. O 2008 faz o que pode por enquanto querendo repetir o sucesso do C4 Cactus, único produto da PSA a figurar entre os mais vendidos, emplacando cerca de 800 unidades por mês. 

 

 

 

 

 

 

A intenção da Peugeot pode ser manter o 2008 como opção mais em conta e preço competitivo entre R$ 70 e R$ 100 mil, e posicionar o “novo” 2008 na faixa superior, até R$ 139 mil, de onde parte o 3008, que inclusive é um dos modelos mais vendidos no mercado europeu.

A Peugeot não compartilhou os planos para o modelo. Questionada a assessoria de imprensa falou que dentro do tempo adequado enviará mais informações sobre a novidade.

Seis anos de sucesso

Em março de 2013 a Peugeot lançou o 2008 como sucessor da perua 206 SW que havia sido lançada em 2006. Compacto sem perder uma certa herança de minivan, o 2008 fez sucesso pelo tamanho compacto e preço competitivo. Se por aqui ele nunca esteve no topo das vendas, na Europa ele simplesmente é o mais vendido do segmento.

Muito versátil, com sete opções de motores no Velho Continente: do 1.2 a gasolina aspirado ao 1.6 THP de até 173cv, fez sucesso em vários  países. No primeiro ano 78,9 mil unidades foram produzidas, quantidade que saltou para 204,5 mil no ano seguinte. Em 2015 chegou ao país mostrando um novo momento da marca que já teve tempos melhores no país mas vinha perdendo espaço ano a ano. Fabricado na França, Brasil, China, Irã e Malásia, o Peugeot 2008 vem crescendo ano a ano nas vendas. Já em 2016 recebeu um facelift seguindo a tendência de design do 3008, estilo que chega ao Brasil ainda neste semestre.

Por Marcos Camargo